23 março 2015

Cuidados com cabelo misto e oleoso

Oi amores,

A pedido de amigas hoje vou fazer um post para as luxuosas que tem cabelo liso, fino, oleoso e escuro. Bem diferente do meu que é enrolado, loiro e seco... rsrs. O objetivo deste post apresentar alguns truques básicos para ajudar no cuidados com os fios.
Todo o tipo de cabelo precisa de cuidados específicos para ser saudável. O misto, oleoso na raiz e seco nas pontas, exige atenção específica para manter o equilíbrio e a harmonia dos fios. Diversos fatores podem influenciar para que o fios fiquem com esse aspecto "misto": o clima, os raios ultravioletas, uso de químicas como tinturas e alisamentos, shampoos e condicionadores inadequados, além do uso frequente de secadores e chapinhas. Outro fator que contribui com a oleosidade no couro cabeludo e pontas secas é o comprimento das madeixas; fios muito longos dificultam que a oleosidade da raiz chegue às pontas.

Use sempre produtos específicos
Para cuidar desse tipo de cabelo é necessário que a higienização se concentre na raiz e o tratamento nas pontas. Usar shampoo para cabelo oleoso na raiz e um para cabelos ressecados no comprimento é a forma mais comum de cuidar. E produtos com essas características são encontrados facilmente hoje em dia.

Condicionador apenas no comprimento do cabelo
Essa regra vale para todas. Não se deve passar condicionador na raiz nunca. Por possuírem as pontas do cabelo muito secas por conta da distância do couro cabeludo - que é a fonte de nutrição - os cabelos mistos acabam por ficar mais ressecados, fragilizados e com maior risco de ficarem elásticos ou quebradiços. Portanto, assim como a raiz oleosa precisa de limpeza profunda, as pontas necessitam de condicionador ou máscara para manter a hidratação Para não pesar na raiz, o ideal é aplicar o condicionador da metade do cabelo até as pontas.

Máscara capilar e seruns
Para os casos mais sérios de ressecamento, as máscaras capilares com enxágue também são muito eficazes para as pontas, por terem ativos mais concentrados e, assim, mais potentes. Uma aplicação semanal é ideal para repor a hidratação.Para evitar as temíveis pontas duplas é preciso tratar os fios constantemente com reparadores de pontas, sérum e silicone já que estes tipos de produtos formam uma película no fio do cabelo, combatendo o problema.

ALGUMAS DICAS
1. Considerar a adstringência do shampoo antes de lavar o cabelo e não usar condicionador em 99% das lavagens. Resultado: Fios mais leves.

2. Desembaraçar o cabelo com toda a paciência do mundo (das pontas em direção à raiz) com um pente de dentes largos. Resultado: Quanto menos o seu cabelo quebrar no processo de pentear, menos propensão ele tem para embaraçar. O trabalho vai ficando cada vez mais fácil ao longo dos meses, e sua dependência do condicionador.

3. Escolher um elemento volumizador (fluídos, cremes ou mousses) para aplicar nos cabelos antes de secar. Alguns são termoativados e outros funcionam melhor na secagem ao natural. Resultado: Quando o cabelo secar, os fios já têm uma disposição diferente seja para receber um babyliss ou ficar ao natural.



4. Decidir secar o cabelo com ou sem secador.

5. Aplicar produtos de modelagem / finalização (spray fixadores, pomadas, laquês, pós soltos, óleos). Resultado: Controle ou fixação mais intensa do resultado – depois do babyliss ou antes do coque. (Atenção: essa etapa é a que pode pesar mais já que é a última “camada” de produto!)


Esses são os pilares básicos do ritual, para cuidar do cabelo misto ou oleoso. Como cada dia é um dia, cuide das mechas de acordo com o tempo disponível.



Nenhum comentário:

Postar um comentário